TARIFA PROGRESSIVA

Esta cobrança indevida feita pela CEDAE, motivou a AMAR, impetrar uma Ação Civil Pública em 2003. O sucesso foi total, sendo  reconhecido o direito a devolução em dobro, com juros e correção monetária dos valores despreendidos pelos condomínios associados e que estão em dia com suas contribuições sociais ou estatutárias.                                                                                                                                                                                             Pedimos aos nossos associados, caso não tenham feito, a entregarem a documentação necessária para o devido ressicamento.

Escrever Comentário

*

*

*Campos obrigatórios Por favor valide os campos obrigatórios